07/02/2011

o Mosteiro

Precisa de ser vigiado no sentido em que está a derrubar lentamente este espantoso mosteiro em Pitões das Júnias. É incrível de pensar que foi fundado no Sec. IX e que só novecentos anos depois saiu o último monge. Este mosteiro precisa de carinho, tal como tanto outro património português pelo país.

Fiquei comovida pelo mosteiro e o lugar onde os monges implantaram-o. Para mim é uma das coisas mais lindas que vi no nosso país.

5 comentários:

papoila disse...

Também já estive muitas vezes!
Toda a zona é maravilhosa.
Na aldeia mais próxima cujo nome já não sei conheci uma velhota que nos disse que toda a gente tinha emigrado porque as condições de vida eram terríveis, nevões, isolamento total e disse que nesse ano ela a única habitante da aldeia!!!

papoila disse...

desculpa, mas saltaram duas palavras do texto...
errata:
também já Lá estive....
disse que nesse ano, ela ERA a única...

saloia disse...

Linda zona até Montalegre...fomos no inverno e é lindo..imagino na primavera ou verão ou outono quando tanto carvalho tem folha.:)

obrigada

A Respigadeira disse...

É mesmo muito bonito. A paisagem envolve-nos num momento de verdadeira reflexão. Não me admira que os monges tenham optado por erguer este mosteiro naquele local.
Mas é muito triste o seu abandono. Por um lado, esse abandono é o convite à encontro com o nosso eu, no tal momento de reflexão.

Anónimo disse...

Tambem já lá estive ...