21/05/2009

ramo de desperdício

Com as sobras de umas cortinas de linho que fiz para a mesa aonde vou fazer o chá na Saudade, confeccionei um raminho de desperdício. Adoro malmaqueres campestres. A minha favorita é a Black Eyed Susan.

With leftovers from some curtains I made for the tea station at Saudade I made a little bouquet of scraps. I love wild daisies, my favorite being the Black Eyed Susan.

4 comentários:

As Musas disse...

A simplicidade é o amor da natureza.
Está divinal!

viajante disse...

"Na Natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma
" Antoine Lavoisier "

mansuetude disse...

so beautiful. Creative.!

That House disse...

The tea station at Saudade?

Love the picture :-)