18/07/2007

Craft in America

detail of dolls from the Cooperativa de Artesãos do Montemuro

How I would have loved to have seen Craft in America, a documentary in three parts about the history and essence of craft of that country. My first thought after discovering and marvelling over the pictures, texts and videos is how important (and amazing) it would be to do this here in Portugal. To document the crafts that may become extinct, those that are still kept going by few, or crafts thriving in this country and the opportunity to hear what the craftsman has to say about his or her work; Maravilha.

LIKE THIS

AND THIS

6 comentários:

Quico disse...

Olá, Saloia.
Já ouviste falar em saias de serguilha? Ai o Ventor fala-me de cada coisa! será que ainda há disso? Bjs.

saloia disse...

acho que é o que tem vestido a boneca :)

obrigada!

Mary

Quico disse...

Olá, Saloinha, de terras lindas!
Se a saia da boneca é de lã sem pelo, será!
(Serguilha - pano grosso de lã sem pelo).
O Ventor recorda-se de uma saia de serguilha que a sua mãe tinha, e a minha dona ainda a viu! O Ventor diz que a sua mãe dizia que quando morresse queria levar aquela saia com ela e a sua irmã dizia: "para que queres levar isso? Aquilo lá é quente! Se fores para o inferno, é muito quente, se fores para o céu não precisas dela porque é temperado"! A única coisa que o Ventor sabe é que a saia era muito linda e eles perguntaram à minha dona se a queria, mas ela disse que não lhe servia para nada, que era a filha que devia ficar com ela. A mãe do Ventor disse:"sendo assim, vai comigo para a cova"!
O Ventor só sabe que a saia parecia aquelas que as noivas de Viana usam nas festas, e que, há muito empo, chegou a ser emprestada para Soajo na tentaiva de as moças de Soajo fazerem uma espécie de folclore, pedida emprestada pela tia Pedreira e amigas. Mas já passaram tantos anos que o Ventor não se recorda de tudo e mesmo do que ele conta, eu deixo passar muita coisa. Se calhar, ninguém em Adrão saberia o que era uma saia de Serguilha!
Bjs.

saloia disse...

:DD

Sofia Quintela disse...

Vês já ai tens o início das tais peças extintas, ou quase extintas. Porque não começas a pesquisar e formas um grupo sobre isso? Seria interessante!!!

saloia disse...

ah Sofia

um dia faço isso numa pesquisa profundada. isso seria um sonho :)

Mary