30/03/2007

Color

Joaquina Inácio
Gaiteros, Turquel
anos 8o ou princípios de 90

Já falecida deixou uma manta para cada um dos seus filhos e netos...18 ao todo. É simples mas bonita e gosto do rosa cetim que ela usou.

Mais coisas boas:

O começo do passeio pelo mundo fora do querido gnomo. Happy travels :)!

E a minha querida amiga, Daniela tem uma nova loja com as suas lindas criações.

Só mais uma vez :)

de Cinco Reis de Gente

Aquilino Ribeiro

« Ainda essa tarde num retalho de chita, às pintinhas, principiou minha mãe a talhar a bolsa para o Monteverde. Com uma borla escarlate na ponta do cordão, duas também escarlates e muito repolhudas nos cantos, bordadas no meio, a retrós cor de canário, as iniciais do meu nome, um A grande como um escadote e um M escanchado como as aspas duma ponte, tornou-se um objecto engraçado que me não cansava de admirar. Eu morria de impaciência por pô-las às costas, ir pelos caminhos, antes de mais nada, pelo orgulho de mostrá-la. E não sosseguei enquanto não chegou a hora em enfiando-a pela cabeça, me ficou a bater, traçada a tiracolo, sobre a coxa direita o contracompasso dos meus galopes.»

wonderful*

4 comentários:

Sandra Pereira disse...

Fiquei encantada com a manta e com as suas não sei quantas "irmãs".
O teu duende anda a viajar?
Ai as santinhas e as sonhadoras da Daniela são máximo.
E o excerto, como não podia deixar de o ser.
Sandra Pereira

saloia disse...

Sim, o duende viaja e não sei quando volta...?? tem tantos amigos do Flickr para visitar!:)

www.//flickr.com/photos/43702484@N00/405606546/

bjs
M.

Rita disse...

Mais uma linda manta portuguesa :)
Qualquer dia temos de fazer um catálogo, senão acho que se perdem de vez...

Fantástica a viagem do gnomo:)
Como é que começou?...

saloia disse...

DEar Rita

Acho isso uma optima ideia..de fazer catálogo. A Rosa também sugeriu uma exposição de Dª Sara...eu acho que podia ser uma exposição de mantas portuguesas de varias fazedoras de mantas.

bj
Mary