15/02/2006

esta noite

Hoje, quando o sol estava a ir-se embora, estava a coser, sem televisão, sem radio sem pensar na merda dos cartoons, urânio enrequicido, e cobardes. Esqueci-me de Fátima Letícias, Vanessas, e o vazio. Não passou por a cabeça a hipoteca, as vendas, o relógio biológico ou as saudades.

Depois toca o Luís no telefone interno a perguntar-me se queria andar agora á noite em Sintra, nós os dois e os trés cães. Desta vez, disse que sim. A ideia de andar no frio em Sintra esta noite apelava aos sentidos. Escolhemos os caminhos mais escuros: por detrás do Parque da Liberdade, junta à Quinta das Murtas, pelas escadas que vão ter à igreja da Sta Maria, em frente ao Convento da Trindade, descer para S. Pedro até à Quinta da Vigia, até à Estefânia e depois para casa. Quanto mais escuro melhor. Muitos cães, mais corujas, palácios, castelos, ventos, lareiras, e luzes ascesas das janelas das casas com gente a jantar.

13 comentários:

As Musas disse...

Ai querida Mary até me arrepiei todinha!
Deve de ter sido renovador.
Um abraço de boa noite para ti e para o L.

Sandra Pereira disse...

E dizem que não existe magia?
Sandra

Rodrigues disse...

:)

sara aires disse...

Devo confessar uma pontinha de inveja de viver num sítio assim... Conheço muito pouco de Sintra, mas das vezes que lá fui senti-me como num conto de fadas, onde histórias de princesas enchem a mente e nos levam a voar!
Claro que de um local como este só poderiam sair "saloinhas" lindas como as tuas! Portuguesas até ao tutano, cheias de flores e cores que contam coisas de outros tempos mas que fazem de nós o que somos!
Obrigada pela visita, keep in touch!
sara

wiSHEs&HEros disse...

Sintra tem magia mesmo...

vanda disse...

que bom! quem me dera poder passear por sítios assim neste lado do mundo... Mais uma coisa para ter saudades... Beijo grande e muitos passeios!

Luisa disse...

Sintra é tão especial que dá para uma pessoa sair do seu quntinho e ir dar passeios ao luar! Encontrates alguma fada com certeza...

Quico disse...

Olha, olha! Passear em Sintra à noite é conversa que ouço cá em casa de vez em quando. E o Ventor já andou aí a ver se via alguma coruja mas não vê nada! Já viste aí alguma coruja? O Ventor diz que as corujas têm os olhos parecidos com os meus. Em Alfragide há duas corujas. Será um casalinho? Bjs.

Carlos disse...

Andar a pe ajuda deixar a cabeca livre das precoupasaos. Menos uma...a precoupsao dos outros caes que ando livre. E bom que voces tem 3 caes. Para protigira dos outros caes que estao livre no camio. Os caes de Portugal sao mutios espertos. Quanto eu estiva la um deles mordeu me ao fim de ter passado sem ladrar.

saloia disse...

Quico...nunca vi so as oiço.
bj

Anónimo disse...

Quem sabe se no próximo passeio não nos cruzamos no «cosmic place...»? A mensagem deixada no muro já quase não se vê, mas quem conhece não esquece - «Kiss you here is like travelling in a supersonic space rocket...» O relato do vosso passeio só me fez lembrar como somos preguiçosos na casa amarela... E deu saudadinha dos amigos. Que tal mais um chá? Beijocas e queijadinhas da Raquel, do Ricardo e da Maria (a quem chamamos sempre mary mary..)

saloia disse...

Raquel
We would love that!
You must look beautiful.
bjs to the three of you

Lammazze disse...

Lindo..
:)

Qual frio, qual cansaço..
Será melhor ficar em casa a ver novelas?
Que saudades de sintra..
Este fim de semana lá estarei outra vez..
Mais uma vez.