07/10/2005

Fogo

Hoje de manhã muito cedo, enquanto cozia umas novas peças para mostrar logo no meu blog, o meu céu azul tornou-se de repente cinzento e o cheiro a fogo "lingered in the air". Estas fotografias tiradas pelo o Luís são do Norte enquanto estávamos em férias. Em Viana do Castelo ( e todos os concelhos do distrito de Viana) o fogo lavrava todos os dias. Em Viana (imaginem uma área do tamanho da Serra de Sintra ou mais) foi totalmente queimada. Eu e o L. num passeio de mota vimos como os restos duma floresta mesmo acima do Rio Lima passou do verde a que estavamos habituados para um preto de carvão.

O que mais faz me confusão é ver os animais e aves a fugir do fogo. As andorinhas ficam confusas, as lebres fogem dos seus esconderijos e os corvos gritam agitados. Eu espero que chova muito este inverno (apesar do nosso telhado ter falhas e chover no segundo piso!)

Num verão há muitos anos e numa de seca lembro-me de estar dias em vigilância para prevenir que o fogo chegasse á casa da minha avó. Era altura de regresso para os EUA e toda água disponível era para consumo (cozinhar e beber) ou para apagar as chamas. Com a confusão não havia tempo para lembrar de banhos etc. Na noite de regresso num hotel em Leiria quando olhei para a agua do duche é que vi que estava preta de carvão. Houve mais fogos mas aquele ano foi o pior para nós. My heart goes out to the people in this horrible situation now.....

3 comentários:

As Musas disse...

É uma sensação de impotencia perante algo tão devastador. Como sabes, vivo paredes meias com a mata e este verão tem sido muito angustiante. Venho muitas vezes ao terraço de madrugada "ver" se "cheiro" algo. Á volta de Coimbra é fumo constante... o meu amigo Bombeiro diz que nos protege, mas tenho medo na mesma, a minha casa era logo a 1ª a ser atingida.Muitas vezes "reguei" o telhado este ano...

Rodrigues disse...

:( Que tristeza...

nos os 3+1 disse...

SO ISTO...PENA DE MORTE PARA ESTES PULHAS.